MENSAGEM DE BOAS VINDAS

Amadeu Portilha

Presidente da Direção
APOGESD



Num tempo que o desporto e a atividade física ganham cada vez maior relevância comunitária, traduzida numa realidade onde pontuam profissionais altamente qualificados, excelentes instalações desportivas e um aumento significativo dos índices de prática desportiva informal, mas também, e paradoxalmente num tempo em que as doenças do sedentarismo são responsáveis por uma percentagem elevada de doenças graves ou mesmo morte, urge refletir sobre as condições em que isso verifica, principalmente ao nível da saúde.

Conhecidos e comprovados os benefícios para a saúde resultantes de uma prática desportiva regular, existem ainda algumas interrogações e inquietações importantes que devem ser melhor explicadas e informadas. Reunir em Setúbal, Cidade Europeia do Desporto 2016, no âmbito do Congresso Nacional de Gestão de Desporto, especialistas nacionais e internacionais desta área, resultará objetivamente numa jornada de conhecimento, partilha e difusão de conhecimento atual e estruturado sobre esta temática tão importante, que muitos consideram ser mesmo uma questão de estado.

 

Maria das Dores Meira

Presidente
Câmara Municipal de Setúbal



É com grande prazer que a nossa cidade acolhe o XVII CONGRESSO NACIONAL DE GESTÃO DE DESPORTO, promovido pela APOGESD, assim como é enorme o nosso interesse neste encontro em que somos também parceiros.

Somo-lo quer por força deste nosso estatuto de Cidade Europeia do Desporto, quer porque consideramos essencial a possibilidade de os vários agentes que se movimentam nesta área poderem encontrar-se para trocar experiências, debater ideias e, claro, conhecerem-se e confraternizar, porque essa também é uma parte importante das nossas vidas.

Setúbal é um ótimo local para fazer tudo isso.

Para debater ideias e trocar experiências porque temos aqui um saber acumulado nascido do trabalho que também na autarquia temos desenvolvido na área do desporto. E, claro, para confraternizar, porque temos aqui todas as melhores condições para isso, começando pelas mesas setubalenses onde nos sentamos para almoçar o que de melhor o mar nos oferece.

Mas falemos de deporto, o desporto que fez com que a capital do Sado, ou como por vezes gostamos de dizer para afirmar a nossa identidade e diferença, o desporto que fez com que a Capital da Margem Norte do Sado seja, em 2016, Cidade Europeia do Desporto.

A Câmara Municipal de Setúbal, que promoveu esta candidatura europeia, para aqui chegar, assumiu, nos últimos anos, um papel decisivo na criação de condições que permitem à generalidade dos cidadãos o acesso a formas qualificadas de desporto.

Apostamos permanentemente no aumento dos níveis de participação e frequência nas atividades desportivas com segurança e enquadramento técnico de qualidade.

Temos uma política de desenvolvimento desportivo sustentada na forte dinâmica do movimento associativo local e regional de forma transversal, na qual se incluem áreas como a inclusão e as questões da igualdade de género ou a promoção da saúde e o alto rendimento.

A candidatura a Cidade Europeia do Desporto Setúbal 2016 foi, para nós, forte pretexto para apostar no reforço de iniciativas e dar continuidade à aposta na promoção da saúde pela prática da atividade física e desportiva.

Tal continuará a ser feito para lá de 2016 e, por isso, encaramos este estatuto como pretexto para ampliar, ainda mais, a nossa oferta desportiva, para melhorar as condições de prática do desporto no concelho. Só assim faz sentido sermos Cidade Europeia do Desporto.

A cidade de Setúbal e as vilas de Azeitão, graças à ligação com as belezas naturais que a rodeiam, possuem elevado potencial de prática desportiva formal e informal, destacando-se a autenticidade do Parque Natural da Arrábida, espaço privilegiado para a prática de atividades da natureza como escalada, caminhadas, trail e provas de BTT. No Rio Sado temos as melhores condições para a prática de desportos náuticos como a canoagem, a vela, o windsurf e o mergulho, entre outros.

Este é o contexto em que, graças às condições naturais que temos para oferecer, temos vindo a animar cada vez mais parcerias com clubes, associações, federações e privados para potenciar o concelho e a região como destino desportivo de excelência.

Quisemos, contudo, que esta Cidade Europeia fosse muito mais do que desporto. Por isso, integramos no seu programa vasto conjunto de atividades nas vertentes do lazer, formação e competição, com a certeza de que o investimento estamos a fazer no desporto em 2016 trará aos vindouros enormes vantagens. Este Congresso enquadra-se, precisamente, numa das áreas programáticas que definimos para este ano, a área da “Qualificação e do Conhecimento”, na qual integrámos um vasto conjunto de ações com as quais quisemos aumentar a competência e a formação de todos os agentes desportivos.

Aproveito, assim, para desejar a todos os que vão participar neste congresso promovido pela APOGESD um bom trabalho e que possam levar da nossa cidade novas ideias, com a certeza que teremos sempre grande prazer em a todos aqui receber.

PATROCINADOR OFICIAL
 
PARCEIRO TECNOLÓGICO